Quinta-feira, 21 de Agosto de 2008

poema

Pensar uma flor é vê-la e cheirá-la ...

 

E comer um fruto é saber-lhe o sentido.

 

Por isso quando num dia de calor

 

Me sinto triste de gozá-lo tanto,

 

E me deito ao comprido na erva,

 

E fecho os olhos quentes,

 

Sinto todo o meu corpo deitado na realidade,

 

Sei a verdade e sou feliz.

 

 

Alberto Caeiro
sinto-me:
publicado por paulacostapereira às 00:37

link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Gabriel Melani a 8 de Outubro de 2008 às 19:27
Muito bonito o poema. Não conheço muito sobre esse autor. E como é a primeira vez que visito o blog, não sei se vc já postou mais poemas dele. Se puder, poste mais, por favor. Eles são muito bons.
Abraços!

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Pode ser.....

. hoje estou assim....

. Carlos Queiroz - Origem: ...

. DIA DA CRIANÇA

. RIR 3

. RIR 2

. RIR 1

. VAMOS APOIOAR

. FORÇA PORTUGAL

. Dia do ABRAÇO

.arquivos

. Outubro 2011

. Outubro 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub